Estado de Alagoas

Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

» Página Inicial Sala de Imprensa Notícias 2014 Governo apresenta resultados do Programa Alagoano de Inclusão Digital
05/12/2014 - 14h10m

Governo apresenta resultados do Programa Alagoano de Inclusão Digital

Evento destacou os avanços na inclusão digital nos últimos oito anos

Governo apresenta resultados do Programa Alagoano de Inclusão Digital

Em evento realizado na Associação Comercial do Estado na segunda-feira (1) foram apresentados os resultados dos avanços do Programa Alagoano de Inclusão Digital nos últimos oito anos, além da entrega de nove quiosques digitais em quatro municípios e homenagem a telecentros do Estado.

 
Presente à cerimônia, o governador Teotonio Vilela destacou os resultados positivos do programa atribuindo às ações de inclusão digital do seu governo que fizeram consolidar o Estado no cenário de tecnologia da informação, apresentando qualidade nas startups e empresas do segmento com seus projetos e aplicativos inovadores.
 
"O meu governo colaborou com a ciência, a tecnologia e a inovação em Alagoas oferecendo não só condições de acesso, mas criando um ambiente criativo para os que têm talento para a área. Nos últimos anos, nosso Estado tem despontado no cenário de tecnologia da informação, foram vários investimentos feitos no setor, e isso se traduz, também no grande número de startups lançadas”, afirma o governador.

O acesso à internet em Alagoas foi outro assunto destacado. Dados do IBGE mostram que, em 2005, apenas 5% da população tinham acesso. Atualmente esse número chega a 34%. “Estávamos muito abaixo da média nacional, graças à governança colaborativa existente entre o governo estadual, municípios e entidades, somos o Estado que mais ampliou a inclusão digital. Dados do IBGE, apontam  que avançamos em 400%”, ressaltou o secretário de Estado da Ciência, Tecnologia e Inovação, Eduardo Setton.

 O que é o programa

 O Programa Alagoano de Inclusão Digital tem como objetivo a inclusão digital e social, através de ações estruturantes como capacitações e acesso à informação, em todo o território alagoano, propagando, assim, a cultura digital. Entre janeiro de 2013 e julho de 2014 cerca de 12 mil atendimentos e capacitações foram realizados nos telecentros alagoanos. 

O coordenador do Programa Alagoano de Inclusão Digital da Secretaria de Estado da Ciência, da Tecnologia e da Inovação, Felipe Athayde, destacou as parcerias firmadas ao longo do projeto como fundamentais para o sucesso do programa no Estado.

A Secretaria de Estado da Ciência, da Tecnologia e da Inovação (Secti) conta com o apoio do Instituto de Tecnologia em Informática e Informação do Estado de Alagoas (Itec), o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), a Associação Alagoana de Centro de Inclusão Digital (AALCID), a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Alagoas (Fapeal), a Associação dos Municípios Alagoas (AMA), a Prefeitura de Maceió, o Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação, o Ministério das Comunicações e o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnologia (CNPq).

Exemplo do sucesso dessas parcerias, é com o Sebrae, que já beneficiou 50 mil cidadãos com os cursos oferecidos nas lan houses cadastradas no projeto Alfabetização Digital, beneficiando também as lan houses, segundo dados apresentados pela representante do Sebrae, Sandra Nunes.

“Entre os resultados alcançados, 100% das lan houses  já estão formalizadas, 80% delas atribuem seu aumento de faturamento à participação no projeto, 90% passaram a prestar outros serviços e não mais a navegação e jogos”, afirma.

Homenagem

Durante o evento, o governador homenageou alguns telecentros, frutos do Programa Alagoano de Inclusão Digital do Governo de Alagoas, como o Telecentro comunitário Arnaldo Pereira dos Santos da Associação de Agricultores Alternativos (Aagra), vencedor do Prêmio Telecentros Brasil na categoria sustentabilidade ambiental. Localizado no município de Igaci, que visa o acesso à prática de inclusão digital e social para crianças, jovens e adultos das comunidades rurais das comunidades  de Igaci.

Até o momento, 62 telecentros estão implantados em 28 municípios do Estado, com uma estimativa de ampliação deste número para 70 unidades ainda este ano. Entre as atividades desenvolvidas pelos telecentros estão o uso livre dos equipamentos; acesso à internet livre e assistida; cursos de informática básica; curso de navegação na internet; realização de oficinas de capacitação; jogos educativos, entre outros.

O governador entregou aos representantes dos municípios de Paulo Jacinto, Quebrangulo, Viçosa e Palmeira dos Índios a chave simbólica que inaugura os noves quiosques digitais construídos nas cidades. Os quiosques são unidades que funcionam como terminais digitais a serviço da população.

 

Fonte: ASCOM/ITEC (Suyane Meneses)

Ações do documento