Estado de Alagoas

Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

» Página Inicial Sala de Imprensa Notícias 2013 Gestores discutem melhorias para o Plano Alagoano de Inclusão Digital
09/10/2013 - 14h38m

Gestores discutem melhorias para o Plano Alagoano de Inclusão Digital

Plano propõe integração dos programas de inclusão digital do Governo do Estado para o fortalecimento das ações

Gestores discutem melhorias para o Plano Alagoano de Inclusão Digital

Gestores discutem melhorias para o Plano Alagoano de Inclusão Digital

Propostas de integração e de melhorias nas ações inclusão digital foram apresentadas nesta segunda-feira (07) ao diretor-presidente do Instituto de Tecnologia em Informática e Informação do Estado de Alaogas (Itec), Alyson Oliveira. Questões como a criação de lei específica com novas diretrizes dentro do Estado, a conectividade, a disponibilidade de bolsas para monitores e novas parcerias foram levantadas durante a reunião com a coordenação do Plano Alagoano de Inclusão Digital.

“O Itec está tentando fortalecer o alinhamento das ações de inclusão digital e por isso procurou a coordenação do Plano com o intuito de apoiar e fomentar essas ações. A integração dos programas vai tentar melhorar o gerenciamento, que hoje acontece de maneira isolada nos órgãos, potencializando a inclusão digital efetiva, voltada para a inserção no mundo digital, para a qualificação profissional e para o uso da tecnologia em ações específicas de cada região”, comenta Alyson.

As propostas de integração entre ações do Sistema Secti – formado pela Secretaria de Estado da Ciência, da Tecnologia e da Inovação (Secti), Itec e Fundação de Amparo à Pesquisa de Alagoas (Fapeal) foram apresentadas pelo coordenador do Plano Alagoano de Inclusão Digital da Secti, Felipe Athaíde.

O coordenador apresentou as ações que estão sendo feitas em relação a levantamento de custos para expansão do programa e as ideias para suprir novas necessidades como a criação da lei, a parceria com outras entidades, a inserção de bolsas para monitores e a inclusão dos telecentros de bases comunitárias.

O diretor-presdiente do Itec, Alyson Oliveira, adiantou que esteve reunido com o Sebrae na semana passada para discutir as ações do programa Alfabetização Digital – programa do Governo do Estado em parceria com o Sebrae que distribuiu 50 mil cartões de acesso a cursos através de Lan Houses -  e ações integradas com o Sebrae no Digitalagoas, programa de inclusão digital gerenciado pelo Itec que tem atualmente 38 telecentros implantados no Estado.

Os gestores da Secti apresentaram a proposta dos Pontos de Inclusão Digital (PID), que deve implantar quiosques de internet, disponibilizando wi-fi gratuito para população em quatro municípios até o ano que vem. E a possibilidade de um projeto de Centro de Recondicionamento de Computadores.


Participaram da reunião o diretor-presidente do Itec, Alyson Oliveira, o coordenador do Plano Alagoano de Inclusão Digital, Felipe Athaíde, o assessor da Secti, Heber Maia,  e o coordenador do Digitalagoas no Itec, Robson Paffer.

 

Fonte: ASCOM/TEC

 

Ações do documento